Limites de ações (parte I) — A educação escolar, o acesso à cultura, a produção e a distribuição cultural

Quando começamos a produzir nossos livros, certa vez, em uma conversa, causou-nos estranheza dizer que eles eram um produto. Porque, sim, livros são produtos, mas a palavra “produto” passa uma sensação de algo material que pode se quebrar e, depois, vai para o lixo, não tem mais uso. E livros são mais do que isso. […]

A tecnologia e o despertar das capacidades

Os nossos sentidos — taí uma coisa que usamos diariamente e mal percebemos. Vivemos tão imersos na mecanicidade que somente nos damos conta dos nossos sentidos quando, por algum motivo, somos privados de algum deles. Sabe aquele dia em que você acorda resfriado, sem conseguir diferenciar o salgado e do doce, e tudo o que […]

Entrevista com Joyce Guerra

Joyce Guerra é mãe em tempo integral, leitora e escritora nas horas vagas. Nós a conhecemos por meio das redes sociais, onde ela divulga, de maneira comovente, ideias sobre a educação das crianças e sobre a verdadeira inclusão de cegos na sociedade – como pessoas autônomas e conscientes. Vimos tantas semelhanças entre o pensamento dela e […]

Literatura: entre o ato de ler e a prática de ser um leitor

Literatura é arte e, como arte, pode ser a manifestação do real através do imaginário, uma vez que se apresenta como uma maneira particular de significar. É expressão do pensar e do sentir através da escrita. É criação de sentidos. Criar sentido para um objeto simbólico significa ler. O leitor que não cria seu sentido […]

Com que letra Cecília vai? — decisões sobre tipografia

Em geral, as pessoas relacionam livros a várias coisas, como ao seu conteúdo, a comunicação, a fantasia, no caso dos infantis, e, também, à sua imaterialidade, ou seja, as sensações e as emoções que provocam. Na Pipoca, procuramos resolver bem a “materialidade” de cada livro, porque é somente quando esta está bem resolvida que o […]

Então, o que é transdisciplinaridade?

A palavra transdisciplinaridade, além de ter pronúncia complicada, é tida como de difícil entendimento por parte de muitos de nós. Mas vamos lá, tentar desvendar o que de tão complexo e maravilhoso há por trás dela… Proponho que façamos a famosa análise morfológica. De acordo com essa análise, podemos considerar que o prefixo “trans” significa […]