Limites de ações (parte II) — Nossa produção cultural, nosso papel social e nossa construção de conhecimento

É preciso aceitar que há limites no que cada pessoa pode fazer individualmente. Por isso é tão importante o trabalho em equipe (em todas as áreas) e é por isso que conceitos de colaboração vêm ganhando força. Juntos somos mais; sozinhos, porém, precisamos entender e assumir os nossos limites. Na Pipoca, somos uma equipe de […]

Com que letra Cecília vai? — decisões sobre tipografia

Em geral, as pessoas relacionam livros a várias coisas, como ao seu conteúdo, a comunicação, a fantasia, no caso dos infantis, e, também, à sua imaterialidade, ou seja, as sensações e as emoções que provocam. Na Pipoca, procuramos resolver bem a “materialidade” de cada livro, porque é somente quando esta está bem resolvida que o […]

Indicação etária pra quê?

Confesso: nunca gostei de divisões por idade. Faz parte da minha visão pedagógica, a qual foi reforçada quando trabalhei em uma escola com turmas multisseriadas. Naquele contexto, discutia-se que classificações etárias podem definir e enquadrar. Mas no processo de refletir sobre a infância, as crianças e a relação destas com os livros, decidimos que o […]